0

Primeiros passos com Windows Phone 8 SDK

 

Como já sabemos a um certo tempo, o Windows Phone 8 SDK foi liberado pela Microsoft no final do ano de 2012, com bastante recurso para os desenvolvedores da plataforma, comparado com o seu antecessor a versão 7.5.

Essa série de posts sobre WP8, mesmo já tendo sido lançado a um tempo, tem o objetivo de ir direto ao ponto e abordar, senão todos, a maioria e os principais recursos para desenvolver uma App. Em determinados posts irei misturar um pouco dos recursos e controles deixando assim uma App pronta, para quem quiser baixar o código fonte e utilizar da melhor forma possível.

Mas antes de baixar e instalar o SDK do Windows Phone 8, tenham em mente que é necessário no mínimo ter no seu PC instalado a versão Windows 8, não deve instalar ,e desinstalar se existente, máquinas virtuais como VMWare, Virtual PC, Virtual Box. O motivo para alertar sobre isso é simples: O SDK atual usa o recurso do Windows 8 chamado Hyper V para rodar o seu emulador, devido as novas características e recursos do novo SDK e tendo essas outras maquinas instaladas, iremos ter problema de compatibilidade com o adaptador de rede virtual de cada uma.

Tendo isso certinho o próximo passo é ir dentro do painel de controle, na opção Ativar Ou Desativar Recursos do Windows e então habilitar a função Hyper V. Após finalizar a instalação e reiniciar a máquina, vamos pôr a mão na massa.

Executando o Visual Studio, note que a minha versão é Ultimate, mas você pode perfeitamente baixar a versão Visual Studio Express For Windows Phone, que é gratuita, e você conseguirá desenvolver da mesma forma.

Iremos na opção File > New Project e irá abrir essa janela com todos os tipos de templates que temos disponíveis no nosso Visual Studio, neste caso o que nos interessa agora são os templates do Windows Phone , utilizando o C# como linguagem para desenvolvimento.

Vamos escolher um template do Windows Phone App para iniciar. Após selecionar, caso queira é só alterar o nome do projeto na opção Name, logo abaixo e em seguida clicar em OK para criar com a estrutura Básica.

 

 

Após o visual Studio criar a estrutura básica do projeto, temos algumas áreas importantes para nosso uso. Na Aba Device podemos definir inicialmente qual a orientação que iremos usar no desenvolvimento da nossa App, vertical ou Horizontal, vamos inicialmente manter o padrão Horizontal. Logo abaixo temos um menu com algumas opções de tamanhos e resoluções de telas e algumas outras opções como o tema da App entre outros.

Mantendo as opções padrões, temos a tela de visualização do Desing, que é onde aparece esse display na cor preta simulando a tela do smartphone, é onde iremos acompanhar como nossa App está ficando visualmente e posicionar controles a serem utilizados.

Na tela da direita, temos o nosso código de marcação XAML, o que seria o front da nossa aplicação, comparando ligeiramente com um projeto Web Site, seria o nosso “HTML”, aonde podemos definir e explorar as propriedades dos nossos objetos visuais.

 

Vamos agora adicionar alguns controles básicos a nossa aplicação, um textbox e um Button, ambos clicando e arrastando podemos posicionar facilmente na nossa tela. Uma propriedade muito parecida com as aplicações Windows forms e WPF, que facilita muito na questão do layout da tela.

Após ter adicionado os nossos controles, vamos para o código do XAML, para renomear os nossos objetos, adicionar um texto dentro deles e inserir um NAME, que seria um ID, para um objeto gráfico, com a intenção de que possamos localizar e explorar as propriedades dele através do codebehind.

 

Agora chegou o momento de explorar um pouco mais as propriedades dos objetos que estamos utilizando na nossa Aplicação. Selecionando o objeto Button ou o Botão, podemos apertar a Tecla F4 ou simplesmente abrir a aba Properties aonde teremos N propriedades para customizar e definir como irá se comportar as ações do nosso objeto. Note que na aba Properties tem logo em cima um ícone de um Raio, aquele ícone nos trará uma listagem de métodos que podem ser disparados ao usar o nosso objeto em questão, que é o Button. Nós iremos dar um duplo clique com o mouse ou um Enter dentro da textbox referente ao método chamado Click. 

Após ter clicado na textbox do método observe que automaticamente abriu uma página com final .CS onde temos algumas bibliotecas já referenciadas, o namespace referente ao projeto que criamos como Demo, o método principal quando é carregado a pagina MainPage() e o método que acabou de ser criado automaticamente quando clicamos na janela de métodos do objeto Button. Dentro do método criado, Button_Click , vamos adicionar um código simples para poder exibir uma mensagem de alerta na tela quando for clicado no botão e nessa mensagem contendo um texto que será inserido dentro da textbox que adicionamos na tela. O código ficará dessa forma, conforme apresentado abaixo:

Agora vamos executar o nosso projeto no emulador do Windows Phone, mas antes de executar, observe que no botão para executar temos algumas outras opções de emuladores, que seriam outros modelos de aparelhos que o Windows Phone 8 tem compatibilidade de tela e inclusive podemos debugar o nosso projeto no nosso próprio Device, mas para isso ele precisa ser registrado com uma conta de desenvolvedor, o que ficará para um outro post como Dica, de como criar a conta e registrar o device.

 

Ao clicar no botão para executar o projeto ou apertando a tecla F5 o emulador e o Hyper V do nosso Windows sera ativado para que carregue o Windows Phone 8 no emulador. Automaticamente ele instalará o nosso aplicativo no emulador e já podemos testar. Conforme abaixo esse é o resultado que devemos ter após digitar um texto na textbox que inserimos e clicar no botão. Uma coisa muito legal também são as ferramentas adicionais onde podemos rotacionar a tela para ter ideia de como irá se comportar nossa aplicação em orientações diferentes, testar location, screenshot da tela para enviar para a Store e até mesmo fazer teste de rede.


 

Espero que esse post seja útil para quem quer conhecer e está iniciando na plataforma. Foi algo simples e direto ao ponto. Nos próximos posts veremos o uso dos controles do Windows Phone, aonde aplica lo e em breve utilizando os controles de forma mais avançada com bind do banco de dados e consumo de serviços na nuvem.

 

Grande abraço a todos, \\//_ =D

Rogério Rodrigues

Rogério Rodrigues

Desenvolvedor .net , MSP - Microsoft Student Partner , Xamarin Student Ambassador.